Londres - Outubro 2013

Hoje venho falar-vos um pouco da viagem que fiz no passado fim-de-semana, em que fui visitar uma das minhas melhores amigas a Londres. Ela está lá agora a viver e a trabalhar e por isso, aproveitei e fui ter com ela durante uns dias! No sábado, juntaram-se a nós o meu melhor amigo e a namorada, a minha melhor amiga de infância, pelo que estava tudo em família e foi super divertido!


Fui na quinta-feira à noite e regressei no domingo. Viajei pela TAP para o aeroporto de Heathrow com um bilhete comprado com cerca de 5 meses de antecedência para conseguir a melhor tarifa que anda a rondar os 175,00€/180,00€. Temos sempre a possibilidade de ir até Gatwick com a Easyjet, mas tendo em conta a facilidade de acesso direto através do Tube, prefiro ir sempre para este aeroporto.
A minha amiga mora na zona 3, o que demora cerca de 1h30 do aeroporto até à estação de metro da casa dela. Normalmente, quem vai para hotéis fica sempre na zona 1, mas nunca se consegue lá chegar em menos de 1 hora. 

Foi a segunda vez que fui a Londres e conheci uma cidade completamente diferente do que a primeira vez. É normal que assim seja, e ainda por cima estando com alguém que lá mora e que conhece os sítios certos para se ir e visitar. Fiquei com uma noção diferente dos sítios a recomendar a quem viaja para lá. Verdade seja dita que quem quer "gastar pouco", terá sempre de ficar na zona de Kensington e Bayswater e tendo uma estação de metro ao pé podem ir para a zona mesmo central muito facilmente. 


A zona que achei que tinha mais animação e restaurantes e coisas giras foi a de Leicester Square, onde agora colocaram uma estátua do Shakespeare e bem pertinho uma loja gigante de M'n'Ms. É uma zona com casinos e restaurantes bons e a dois passos de Chinatown. Em três minutos, estão em Piccadilly Circus, com os famosos ecrãs gigantes, estilo uma mini Times Square. Fiquei triste porque tinham parte dos ecrãs tapados em obras, mas é normal que nesta altura estejam bastantes coisas a serem remodeladas para estarem prontas para o mês de Dezembro.  De Piccadilly Circus seguimos para a Regents Street, uma rua à semelhança da famosa  Oxford Street, mas um pouco mais "requintada" e uma das ruas dá ligação à outra, como podem ver no mapa. No ponto E é o acesso facil à Oxford Street que visitámos no domingo, normalmente segue-se para o lado esquerdo no mapa, onde tem versões XXL das lojas que estamos habituados aqui (uma Primark enorme, ia perdendo a cabeça). Depois voltámos de autocarro para a Piccadilly Circus e continuávamos por essa zona. 

Perto também de Leicester Square têm uma zona que se chama Convent Garden, um género de centro comercial mais tradicional onde comemos uns cupcakes deliciosos!

Piccadilly Circus

Chinatown

No ponto B, podem ver que é Chinatown, bem pertinho da Leicester Square como tinha dito. Fomos jantar a um restaurante coreano, o Corean Chilli - QUE DELICIOSO. Nunca tinha ido a nenhum restaurante coreano e provei uns udon noodles de comer e chorar por mais. Com umas entradas igualmente boas, e fomos 5 a jantar, ficou por cerca de 15 libras por pessoa. Se passarem por lá, experimentem também o bubble tea no "café" Chuppacha, uma das coisas que sempre quis experimentar! É basicamente um chá ou sumo que pode ser misturado com leite, género milkshake mas mais liquido e onde depois são colocadas umas bolinhas com o sabor que quisermos ou as tradicionais sementes de tapioca que são embebidas em liquido e que depois conforme vamos sugando a bebida, vêm pela palhinha e comemos as sementes, que têm uma textura gelatinosa. É muito bom! Eu bebi o Strawberry Black Tea com sementes de tapioca e o tamanho normal, ficou por 3,25 libras. Vale bem a pena!


Da zona de Leicester Square também se vai muito facilmente a pé para a tão aclamada zona do Big Ben e do London Eye, como podem ver no mapa. Igualmente, também se vai para a zona do Buckingham Palace, Green Park e Hyde Park, que podem ver mais a esquerda no mapa. Descendo The Mall, têm logo o palácio em frente e depois subindo pela Constitution Hill têm o Green Park que graças ao Outono estava com umas cores lindas e depois têm logo Hyde Park! Uma zona muito bonita para se passear. Como vos disse, não tinha a mínima noção que ficando nesta zona, se podia conhecer tanto de Londres!





Green Park

Na sexta-feira, o primeiro dia que lá passei, em que a partir da tarde estive só com a minha amiga, fomos as duas jantar a uma hamburgueria chamada Five Guys a 5 minutos de Leicester Square. Nem sei como vos explicar...têm basicamente os melhores hambúrgueres que já comi até hoje. Não são hambúrgueres a 5€ como no Mcdonalds. Ficou a 13 libras por pessoa um Bacon Cheeseburguer, que vem com dois hambúrgueres, cheios de queijo e bacon e depois pudemos escolher gratuitamente os extra que queremos. Eu coloquei alface, pickles, cebola grelhada e maionese.  Até me estou a babar só de me lembrar do sabor! Depois as batatas fritas em óleo de amendoim e dão-nos um copo para depois irmos a uma máquina que existe no restaurante e escolhemos a bebida que queremos e temos refill gratuito até querermos. Se tiverem oportunidade de lá ir, não se admirem com as filas à porta, mas o atendimento é rápido. 


Depois do belo hambúrguer, fomos até à zona da Tower Bridge que fica muito bonita com toda a iluminação à noite. Vale a pena! 


No sábado ficou estipulado que iriamos a Camden, uma das minhas zonas preferidas da cidade, com o seu famoso mercado/feira cheia de coisas espetaculares. A primeira vez que lá fui, fiquei maluca com aquilo e a segunda vez foi igual! Apanhámos um autocarro no inicio da Regents Street e foram uns 20/30 minutos até Camden. Como era sábado, as ruas estavam cheias de gente! Almoçámos pelo mercado, os meus amigos comeram numa barraquinha diferente da minha - dois comeram veggie burguer e outra comeu carne com queijo derretido por cima. Eu fui a uma barraquinha chinesa/japonesa e pedi noodles com um pouco de tudo - tinham por exemplo frango de caril, frango agridoce, frango frito, etc. Delicioso! (E bem picante...). Os preços das refeições lá andam sempre a rondar as 4 e 5 libras. Depois aproveitei e fiz algumas compras e finalmente comprei o meu chapéu estilo vintage que sempre quis! E nunca se esqueçam, regatear ao máximo! Até ao ponto de se estarem a vir embora e os senhores correrem atrás de vocês para venderem mais barato o que vocês querem mais barato. Geralmente neste mercado conseguem souveniers muito mais baratos que no centro da cidade.


Para as meninas que quiserem comprar alguma maquilhagem e produtos de beleza, têm umas lojas chamadas Boots que é de perder a cabeça. Comprei lá uns pinceis da Real Techniques que já andava a algum tempo para encomendar e aproveitei!

Relativamente às deslocações na cidade, dependendo dos dias que lá estiverem, têm o passe diário ou o passe que engloba vários dias. Dão acesso ilimitado (dependendo da zona que o vosso passe seja emitido) ao Tube e aos autocarros. Estão constantemente a passar quer seja dia quer seja noite (até às 00h30, depois o metro fecha e o transporte viável é o autocarro). Desta vez andei imenso de autocarro, coisa que não tinha feito da primeira vez. Como tirava o passe no metro e diz "London Underground" julgava que apenas dava para o Tube...sempre a aprender!

E um obrigado especial aos meus amigos, que me ajudaram a ter um fim de semana maravilhoso!



1 comments:

  1. Este post vem mesmo a calhar...apesar de ja ter a viagem delineada fico sempre interessada em mais opiniões :) Beijinhos!Adorei as fotos ;)

    ResponderEliminar

 

Posts Populares

Instagram


Follow me @joanaimmachado

Seguidores

Seguir por Email